Anuncie na Revista MOB

AcessibilidadeCidadeFluidezPlanejamento UrbanoTransporte Coletivo


Implantação das últimas vigas do monotrilho tem início na Zona Leste

23/07/2017 por Revista Mob



Governador Geraldo Alckmin acompanhou nesta sexta-feira (21) esta importante etapa para o pleno funcionamento da Linha 15-Prata do Metrô

Um importante passo para o funcionamento da Linha 15-Prata do Metrô, que vai de Vila Prudente a São Mateus, foi dado pelo governo do Estado de São Paulo com o lançamento das últimas vigas-guia da estrutura do trilho de concreto. Com essa etapa entregue, toda a via do monotrilho estará implantada.

Foto: Alexandre Carvalho

“É uma grande obra, importante para a Zona Leste de São Paulo, com um transporte de alta capacidade”, comentou o governador Geraldo Alckmin, que acompanhou a entrega das vigas na manhã desta sexta-feira (21).

Alckmin enalteceu ainda o aspecto visual que a obra oferece ao entorno: “Destaco a valorização e a qualidade de vida para a região. Muita gente tinha a preocupação de que fosse deteriorar os lugares por onde o monotrilho passa. Ao contrário, o projeto apresenta um paisagismo belíssimo, ciclovia e bicicletário nas estações, o que revitaliza toda a região”, completou o governador.

A operação conta agora com 1.706 funcionários trabalhando nas oito estações e a expectativa é entregar todas as vigas implantadas em março do ano que vem. Atualmente, o trecho Vila Prudente-Oratório já atende 17 mil passageiros por dia. Esse número deve subir para 300 mil quando todas estas estações estiverem operando.

As duas últimas vigas estão sendo instaladas na chegada à futura estação São Mateus, sobre a avenida Sapopemba. Elas vão compor o chamado “track switch” que atua movimentando as vigas e permitindo que o trem mude de uma via para outra.

Ao todo, o trecho Vila Prudente-São Mateus tem 868 vigas-guia ao longo de 13 quilômetros, além de outras 256 que compõem o pátio Oratório, totalizando 1.124 unidades. Cada viga tem, em média, 30 metros de comprimento, 70 centímetros de largura e pesa 70 toneladas.

Agora, os trabalhos estão concentrados na construção simultânea de oito estações. Essas obras são do trecho prioritário da linha, que vai de Vila Prudente a São Mateus, com dez estações, um pátio de manutenção e 13 quilômetros de extensão. O trecho atenderá mais de 300 mil pessoas por dia, utilizando 27 trens.

O primeiro trecho, com duas estações e 2,3 quilômetros entre Vila Prudente e Oratório, já foi concluído e opera desde 2014, permitindo a integração gratuita com a Linha 2-Verde e proporcionando o acesso a uma rede de 339 quilômetros de trilhos, em 22 municípios, por uma única tarifa.

Já o segundo trecho inclui outros 10,7 quilômetros de vias elevadas e oito estações, com previsão de entrega no primeiro semestre de 2018: São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói, Vila União, Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus.

Fonte: Portal do Governo do Estado de São Paulo


Anterior
Próximo

  DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO